Quantos dias por semana é preciso se exercitar?

 

Para darmos essa resposta, precisamos pensar em quais são os objetivos que levam cada pessoa a se exercitar.

A frequência de exercícios é muito importante a partir do momento em que o indivíduo estabelece uma meta a ser alcançada e a forma mais adequada de executá-la para o seu corpo.

Idades diferentes, condições de trabalho, horários apertados, tudo isso influencia na determinação de quantos dias e quantas horas são necessárias.

Listaremos algumas recomendações seguindo os principais objetivos almejados pelos praticantes de esportes ou aqueles que treinam em academias e ao ar livre.

 

Melhora Geral da Saúde

 

 O aumento da obesidade e de outras doenças crônicas preocupa a população e o governo lança periodicamente campanhas de prevenção que estimulam a prática de exercícios.

As universidades públicas têm um importante papel na divulgação desses programas e fazem um chamado constante para os cidadãos melhorarem suas condições de vida e o seu bem-estar abandonando o sedentarismo.

É comprovado cientificamente que pessoas sedentárias e obesas têm mais riscos de desenvolverem doenças como diabetes e hipertensão e que 30 minutos de caminhadas e exercícios leves direcionados por instrutores, de 2 a 3 vezes por semana propiciam melhoras na saúde em todos os aspectos (físicos, mentais, etc).

 

Condicionamento Físico

 

O conceito de condicionamento físico se relaciona à capacidade que alguns órgãos como o coração, os pulmões e os músculos têm de resistir aos desafios físicos sem cansaço ou desconforto.

Com o aumento progressivo de exercícios, o condicionamento pode melhorar e transformar indivíduos sedentários em pessoas ativas e saudáveis.

A frequência recomendada é de 4 dias por semana, intercalando os dias de descanso entre os de treino.

Para melhores resultados, pode-se aumentar para até 6 dias por semana, sempre sem esquecer de parar pelo menos um dia para que o corpo se recupere e não haja problemas de overtraining.

 

Definição Muscular

 

Se o processo envolve a modificação da estrutura do corpo, como o desenvolvimento de músculos, os treinos têm que ser mais intensos.

Nas academias podemos ver todos os dias pessoas que buscam corpos perfeitos e ganho de massa magra através de suplementações e outras substâncias químicas, porém de nada adianta tomar todos esses compostos sem fazer os músculos trabalharem.

A frequência dos treinos para quem pratica musculação deve ser maior, mas não se pode esquecer de que o corpo precisa de um descanso semanal. O recomendado é de 5 a 6 dias por semana para melhores resultados.

 

Preparação para competições

 

O atleta profissional tem um treinamento diferenciado e uma preparação especial para atingir suas metas, quebrar recordes e tempos anteriores.

A frequência de treinos certamente é mais alta e mais regrada do que a maioria das pessoas, mas a eficiência dos exercícios é que faz toda a diferença.

Um atleta profissional treina até 6 dias por semana, com uma intensidade bastante alta.

Trouxemos o exemplo desses atletas para alertar a todos os praticantes, independente do grau de esforço e nível físico, que planejamento e acompanhamento é fundamental.

Antes de iniciar a prática de qualquer exercício, consulte bons profissionais que possam lhe orientar quanto à frequência necessária conforme as especificações do seu corpo e da sua saúde.