Aeróbico em Jejum: saiba um pouco mais sobre esta prática polêmica

 

            Falar sobre jejum está em alta na internet e a prática tem ganhado adeptos em todo o país.

Jejuar nada mais é do que passar um período de tempo sem se alimentar, ou se privar de determinados alimentos.

O que vamos discutir neste artigo é a prática de exercícios durante o tempo em que as pessoas estão em jejum e como o organismo reage aos estímulos que recebe quando não há uma fonte de energia reposta logo ao acordar.

 

O que é Aeróbico em Jejum?

 

            Os exercícios aeróbicos são aqueles que utilizam o oxigênio como principal fonte de energia para que os músculos realizem as suas funções e para que o coração possa bombear sangue de forma adequada para eles.

            As atividades aeróbicas são as preferidas daqueles que querem perder peso com maior rapidez e ganhar condicionamento físico. Neste último caso, o condicionamento aumenta quando o corpo do praticante “aprende” a utilizar o oxigênio de forma mais proveitosa durante os exercícios.

            Exercitar-se durante a manhã é um hábito de muitas pessoas e o Aero em Jejum (AEJ) reúne dois aspectos que podem contribuir se o objetivo é emagrecer e queimar estoques de gordura indesejados, o exercício e o controle da alimentação (neste caso, a exclusão de qualquer alimento antes de exercitar-se).

            Sendo assim, o AEJ é  o exercício praticado depois do período de jejum que passamos durante a noite, logo pela manhã.

 

Quais os efeitos no corpo?

 

            Ao acordarmos, os níveis de glicose no sangue estão baixos. Quando tomamos nosso café da manhã, reabastecemos nosso estoque de energia e nos preparamos para um novo dia.

            Os adeptos do jejum intermitente, confundido hoje com uma dieta, ficam até 24 horas sem se alimentar.

            O jejum é uma prática de suspender a alimentação por determinadas horas e, para que auxilie na perda de peso, deve ser complementada com um cardápio preparado para cada organismo, restringindo-se algumas substâncias como os carboidratos e açúcares.

            Sem esse estoque de energia reposto, espera-se que o corpo comece a utilizar as reservas de gordura, o que acontece na maioria dos casos, acelerando o emagrecimento.

 

Que tipo de exercício é recomendado no AEJ?

 

                  Os exercícios aeróbicos podem ser de alta ou de baixa intensidade. Para o AEJ são recomendados os exercícios de baixa intensidade.

            É um mito dizer que quanto mais intenso forem os exercícios, mais calorias a pessoa perderá em jejum. Uma caminhada é suficiente para a perda.

            Por estarmos com o estoque baixo de glicose, a prática intensa de exercícios pode prejudicar o corpo e causar mal-estares.

            O acompanhamento profissional é sempre muito importante e, a recomendação dos especialistas é de que, quando praticado o jejum, as atividades físicas sejam leves e tenham a duração máxima de 45 minutos.

            A queima de gordura durante e após o exercício dependerá, além de fatores genéticos do praticante, da dieta adotada junto com o AEJ.

            Frisamos que, cada organismo reage de uma maneira e cada pessoa tem um padrão alimentar próprio. Forçar-se a ficar horas sem comer pode não ser a melhor alternativa pois, muitas dietas que são acompanhadas e realizadas de forma correta podem obter o mesmo resultado.

            Conhecer seu corpo é o primeiro passo! Calce seu tênis, coloque roupas leves, como as que você encontra no site da Ziboo, e bom exercício!